quarta-feira, 22 de agosto de 2012

O Lorax - Em Busca da Trúfula Perdida

Postado por Enfim Shakespeare às 3:31 PM

Sinopse:

A aventura animada conta a jornada de um rapaz que procura pela única coisa que poderá fazer com que ele conquiste a afeição da garota de seus sonhos. Para encontrá-la, ele terá que descobrir a história do Lorax, a zangada porém charmosa criatura que luta para proteger seu mundo.


Opinião:

O filme é infantil, porém passa uma mensagem linda sobre a natureza e até onde você pode ir para presentear alguém especial. A história é bem animada e é indicada a todo o publico. 


Para quem quer manter as crianças em silêncio é uma ótima dica (risos). O filme é bem pequeno, mas teve um feedback positivo da maioria das pessoas que assistiu.


Frase:


A menos que você não se importe de montão, nada vai mudar... não vai não!!! 




Trailer: 



















4 comentários:

Dessa on 24 de agosto de 2012 18:01 disse...

Adorei seu blog flor. Já estou seguindo, se puder dar uma olhadinha no meu e seguir se gostar ficarei muito agradecida.
Beijos
http://bydessa.blogspot.com

La Petite on 25 de agosto de 2012 17:35 disse...

Oie!

Adoro animações, desde as mais bobinhas até aquelas que passam alguma mensagem importante (sem contar que já cheguei até a chorar com algumas, hahaha). Assim que possível, vou assistir a essa. Já anotei aqui!

Bjins

www.dicasoutravessuras.blogspot.com

Raquel Machado on 28 de agosto de 2012 21:42 disse...

Oi queri,
Apesar de gostar de filmes infantis esse não chamou muito minha atenção não..rsrs
Bjsss
Raquel Machado
Leitura Kriativa

Anônimo disse...

Pensei que esse filme fosse para criancinhas. Mas estava enganado! A mensagem é muito linda para todos. Adultos deveriam ver esse filme com crianças e explicar a mensagem para que elas tb possam entender.
A menos que você não se importe de montão, nada vai mudar... não vai não!!!

Postar um comentário

Obrigada pela visita.

Sempre retribuo os comentários *-*

 

Eu li e Comentei Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos