quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Hey, Soul Sister - Train

Postado por Enfim Shakespeare às 8:50 PM 16 comentários Links para esta postagem
Mais uma música tirada da trilha sonora de Amizade Colorida, essa música além de ser bonita tem uma leveza é ótima para escutar lendo um livro (pra quem gosta)


Ei, Alma Gêmea

Ei, ei, ei

As manchas do seu batom
No lóbulo frontal do hemisfério esquerdo do meu cérebro
Eu sabia que não ia te esquecer
Então eu deixei você pirar a minha cabeça

O seu doce luar
O seu cheiro em cada sonho que eu tenho
Eu soube quando nós nos encontramos
Foi você quem eu decidi que fazia o meu tipo.

Ei, alma gêmea
Aquele não é o Mr. Mister no rádio, stereo
O jeito como você se mexe não é justo, sabe

Ei, alma gêmea
Eu não quero perder nada que você faça
Essa noite

Ei, ei, ei

Bem na hora, estou tão contente
Você tem uma linha de pensamento como a minha.
Você deu direção à minha vida
Uma conexão amorosa de programas de televisão
Não podemos negar

Estou tão obcecado
O meu coração está prestes a bater
Para fora do meu peito
Eu acredito em você.
Como uma virgem, você é Madonna
E eu sempre vou querer pirar a sua cabeça

Ei, alma gêmea
Aquele não é o Mr. Mister no rádio, stereo
O jeito como você se mexe não é justo, sabe

Ei, alma gêmea
Eu não quero perder nada que você faça
Essa noite

O jeito como você dança
Assistir a você é a única droga de que preciso
Você é tão gangster, eu sou tão um mano
Você é a única, eu estou sonhando com você, veja

Eu posso finalmente ser eu mesmo agora
Na verdade, não há nada que eu não possa ser
Eu quero que o mundo veja você ficar
Comigo

Ei, alma gêmea
Aquele não é o Mr. Mister no rádio stereo
O jeito como você se mexe não é justo, sabe

Ei, alma gêmea
Eu não quero perder nada que você faça
Essa noite

Ei, alma gêmea
Eu não quero perder nada que você faça
Essa noite

Ei, ei, ei
Ei, ei, ei
Essa noite

Ei, ei, ei
Ei, ei, ei
Essa noite


quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O contrario do Amor

Postado por Enfim Shakespeare às 1:00 AM 20 comentários Links para esta postagem



Opinião:

O Contrario do Amor é um filme que reflete a realidade de muitos relacionamentos, enquanto não percebemos que estamos apaixonados de verdade, não nos preocupamos com a vida de nossos(as) companheiros(as), mas a partir do momento em que percebemos o sentimento que existe nesse relacionamento, ai sim começa o fim.
Merce, não quer se apaixonar, mas após ficar presa em um elevador, com sua irmã famosa e seus dois fãs, ela conhece três bombeiros entre eles Raul, rosto bonito, corpo atlético e muito, muito enigmático,  como eu havia escrito anteriormente, no incio do relacionamento Merce não se preocupava com a vida social de Raul eles apenas ficavam, mas com o passar do tempo o sentimento começou a ser forte e um se envolveu na vida do outro, imagine a confusão de início de relacionamento, imaginou? Então esse é o filme "da sua e da nossa vida".
Espero que gostem do filme e que fiquem curiosos para saber se esse relacionamento vai durar, ou melhor se vai passar pelas provas do inicio de namoro.


Sinopse:

O Filme retrata uma realidade bastante frequente: Depois de uma série de relacionamentos fracassados, Merce e Raúl se conhecem. Embora se apaixonem perdidamente um pelo outro, ambos parecem estar fadados a repetir aquela mesma velha história. O romance dá lugar ao medo da traição, ao controle excessivo, às vontades particulares, às tentativas de mudar o outro. Mas esta situação nada tem a ver com o amor. Na verdade, é justamente o oposto.


Trailer:



terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Natal

Postado por Enfim Shakespeare às 11:59 AM 10 comentários Links para esta postagem
Acordo bem tarde, por ter ido dormir tarde, coloco meu pés quente no chão gelado e me lembro de como foi a noite dos natais passados. Eu sempre fui apaixonada por essa data, apesar de ser tão próxima ao dia do meu aniversário, ganhei vários presentes que vou mostrar na caixinha do correio, mas o importante mesmo são as pessoas que estão ao nosso lado, ah e claro a comida.

Assim como eu amo o Natal, quero aproveitar e desejar a todos um Natal repleto de paz, felicidade, Harmonia e amor, que o presente seja apenas uma acréscimo nesse dia e que todos nós possamos lembrar que o mais importante é o sentimento que nos une a quem nós amamos.


Feliz Natal!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Lançamento

Postado por Enfim Shakespeare às 1:00 PM 4 comentários Links para esta postagem


Finale

Série: Hush Hush - Vol. 4

Autora: Becca Fitzpatrick

Editora: Intrinseca
Assunto: Literatura Estrangeira / Romance / Sobrenatural
ISBN: 9788580572827
Reduzido: 4383302
1a Edição / 2013304 Páginas

Lançamento previsto: 15/01/2013

 Sinopse: 


Nora e Patch pensavam que seus problemas tinham ficado para trás. Hank estava morto, e seu desejo de vingança não precisava ser levado adiante. Na ausência do Mão Negra, porém, Nora foi forçada a se tornar líder do exército nefilim, e era seu dever terminar o que o pai começara — o que, essencialmente, significava destruir a raça dos anjos caídos. Destruir Patch.

Nora nunca deixaria isso acontecer, então ela e Patch bolam um plano: os dois farão com que todo mundo acredite que não estão mais juntos, manipulando, dessa forma, seus respectivos grupos. Nora pretende convencer os nefilins de que a luta contra os anjos caídos é um erro, e Patch tentará descobrir tudo o que puder sobre o lado oposto. O objetivo deles é encerrar a guerra antes mesmo que ela venha a eclodir. Mas até mesmo os melhores planos podem dar errado.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Enfim Shakespeare escreve um diário + Meme

Postado por Enfim Shakespeare às 11:41 AM 10 comentários Links para esta postagem


Tirado diretamente do meu diário em um dia de Chuva

"Sempre imaginei como ficaríamos juntos em nossa casa, no futuro, então tivemos a divertida experiencia de cozinhar juntos na casa dele, já havíamos feito isso na minha casa e tinha sido mais fácil, mas na casa dele sempre era diferente, eu sempre me sinto livre para ser quem eu sou.
Começamos a arte eu fiquei de fazer bolo e ele de preparar o almoço, olha a confusão de um lado o doce do outro o salgado, no começo foi pura diversão, então eu tirei as louças usadas e joguei na pia limpa, ele me encarou com cara de incredulidade como se eu, tivesse cometido um crime horrível, como não entendi continuei preparando meu bolo. 
Algum tempo depois ele olhou para mim e disse, "você não está vendo que eu vou usar a pia?", fiquei magoada com o modo que ele se direcionou a mim, então respondi com o minimo de educação possível, "Não tenho o poder de adivinhar as coisas, então vê se fala antes". Começamos a nos tratar menos educado possível, enfim terminamos de cozinhar, mas não foi cada um para seu lado de cara emburrada, e é algo que eu amo nele, ele se aproximou me beijou e disse ''Mais uma estória para contar para nossos filhos""


Vamos ao selinho!

Ganhamos da Rízia do Blog Livroterapias !
Ela foi uma fofa em escolhe o nosso Blog

Vamos as regras:

Nomear 15 blogs
Avisar a pessoa que você nomeou;
Agradecer ao blog que te nomeou;
Adicionar o post ao blog;
Adicionar 7 coisas que você gosta.

7 Coisas que gosto:
  • Livros 
  • Namorar
  • Chocolate
  • Filmes
  • Música
  • Escrever
  • Internet

Blogs Selecionados para receber o selinho:


sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Leituras

Postado por Enfim Shakespeare às 10:21 PM 7 comentários Links para esta postagem
Hoje seria dia de resenha, mas como eu não fiz então vou fazer um post com a leitura do momento e falar qual vai ser a próxima resenha do Blog.

Próxima resenha:



Anna e o Beijo Francês - Stephanie Perkins

A leitura foi ótima e rápida me envolvi completamente por esse livro, Anna é uma ótima personagem criada por Stephanie, me identifiquei com suas confusões de adolescente - Breve resenha





Leitura do Momento:




Estou lendo Crepúsculo: Guia Oficial Ilustrado da Série, foi escrito por Stephenie Meyer, o guia é interessante para quem é super fã, o que não é meu caso, mas li por curiosidade, queria conhecer melhor os personagens da série e entende um pouco a mente da escritora, porém é muito repetitivo e isso deixa a leitura um pouco chata - Breve resenha

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Runaway Baby - Bruno Mars

Postado por Enfim Shakespeare às 7:23 PM 7 comentários Links para esta postagem
Em clima do filme amizade colorida resolvi posta essa música que se fez muito presente no filme e algumas partes relatam o que Jamie sofreu no filme com um idiota que fugiu de fininho, espero que gostem.



Corra, Baby

Ahh sim!

Bem, olhe aqui, olhe aqui
Ah, o que temos?
Outra coisinha bonita aqui para eu agarrar
Mas mal sabe ela
Que eu sou um lobo em pele de cordeiro
Porque, no fim da noite
É ela que eu estarei segurando

Eu te amo tanto
Isso é o que você vai dizer
Você vai me dizer
Baby, baby, por favor, não vá embora
Mas quando eu jogo, eu nunca fico

Para cada garota que me encontro
Isto é o que eu digo:
Corra corra baby, Corra corra
Antes de eu colocar meu feitiço em você
É melhor você conseguir fugir, querida
Porque tudo que você ouviu é verdade
Seu coração pobre vai acabar sozinho
Porque o que sabe que eu sou uma pedra rolante
Então é melhor você correr, correr baby, corra

Uh, ah sim
Bem, deixe-me pensar, deixe-me pensar
Ah, o que devo fazer?
Tantas coelhas jovens ansiosas
Que eu gostaria de prosseguir
Agora elas estão comendo na palma da minha mão
Há apenas uma cenoura e todas elas têm que compartilhar

Eu te amo tanto
Isso é o que você vai dizer
Você vai me dizer
Baby, baby, por favor, não vá embora
Mas quando eu jogo, eu nunca fico

Para cada garota que me encontro
Isto é o que eu digo:
Corra .corra baby, corra corra
Antes de eu colocar meu feitiço em você
É melhor você conseguir fugir, querida
Porque tudo que você ouviu é verdade
Seu coração pobre vai acabar sozinho
Porque o que sabe que eu sou uma pedra rolante
Então é melhor você correr, correr baby,Corra corra!

Veja, eu não tentei te ferir baby
Não, não, eu só quero ficar com você, baby
Yup Yup
Veja, eu não tentei te ferir baby
Não, não, eu só quero ficar com você, baby

Se você tem medo é melhor correr (É melhor você correr)
É melhor você correr (É melhor você correr)
É melhor você correr (É melhor você correr)
É melhor, é melhor, é melhor você
Correr correr baby, Corra corra
Antes de eu colocar meu feitiço em você
É melhor você conseguir fugir, querida
Porque tudo que você ouviu é verdade
Seu coração pobre vai acabar sozinho
Porque o que sabe que eu sou uma pedra rolante
Então é melhor você correr, correr bebê, Corra corra !


quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Amizade Colorida

Postado por Enfim Shakespeare às 10:49 PM 9 comentários Links para esta postagem



Sinopse:

Jamie (Mila Kunis) é uma jovem recrutadora de Nova York que convence um cliente em potencial (Justin Timberlake) a deixar seu emprego em Los Angeles para trás e aceitar um emprego na Big Apple. Ele aceita a proposta e logo os dois se tornam bons amigos. Um dia, após assistir um filme na casa dela, surge o papo do quanto a carência sexual incomoda ambos. Eles fazem um pacto de que terão apenas sexo, sem qualquer envolvimento emocional. Só que, aos poucos, a intimidade faz com que eles se tornem cada vez mais próximos e interessados um no outro.

Opinião:

Finalmente consegui assistir a esse filme, sempre pegava pela metade então eu já sabia o inicio e o fim, mas não tinha sentido a estória para mim. Então eu bati o pé e falei para mim mesma 'eu tenho que assistir ao filme todo' eu assisti e amei.
Jamie é uma caçadora de talentos e encontra o cara perfeito para um cargo importante de uma revista, Dylan é o cara perfeito para o trabalho e tenta resistir muito a proposta de Jamie, ela por sua vez quer lucrar  com a nova contratação e mostra o melhor lado dela e claro as vantagens de morar em Nova York.
No final da noite Dylan aceita a contratação e eles acabam virando melhores amigos, mas em um dia de conversa jogada fora, eles acabam fazendo uma proposta: sexo sem compromisso, e continuar sendo amigos,  que grande desafio, será que eles coceguem?
O filme é divertido, e um romance bem diferente, que tal pular a parte da conquista e ir direto pro vamos ver? com certeza esse filme tomou minha atenção e está entre os melhores que vi esse ano.

Frases Celebres:


"Meu guia é muito simples:
Quer perder peso? 
Pare de comer, balofo.
Quer ganhar dinheiro? 
Vai trabalhar vagabundo.
Quer ser feliz? 
Então encontre alguém que você ame 
e nunca deixe ele ir"

“Me Disseram que eu tenho um defeito, 
eu acredito no amor verdadeiro." 

"Não importa o quanto você esteja certo, não importa o quanto ela esteja errada. As mulheres sempre recebem pedidos de desculpas.”



Trailer:






terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Livro do mês dezembro

Postado por Enfim Shakespeare às 1:00 PM 17 comentários Links para esta postagem

Queridos leitores como esse mês o natal é na terça, então decidi fazer a resenha uma semana antes do fim do mês, espero que gostem.

Opinião:

O livro P.S. Eu Te Amo me surpreendeu, já conhecia a base da estória através do filme e acabei criando esperanças falsas, pois me baseei no filme. Logo no primeiro capitulo me deparei com uma história desconhecida então percebi que o filme e o livro são muito diferentes.
Holly e Gerry formam um lindo casal, ele se conhecem desde crianças e não foi uma surpresa para ninguém que eles ficassem juntos, porem Gerry faleceu e com isso Holly ficou arrasa, muitos já sabe o que acontece alguns meses após a morte de Gerry, mas eu posso ratificar, vieram as cartas do Gerry para ajudar Holly a superar a perda mais difícil da vida dela.
No momento que Holly passa a receber as cartas eu me coloco no lugar dela, para pensar um pouco, se eu iria preferir receber as cartas ou me tornar forte o suficiente para superar o ocorrido, é uma questão de quem você é e o quanto a pessoa que se foi te conhece para escrever ou não as cartas.
A estória de Holly é um relato completo da superação de uma grande perda, voltamos ao tempo em que ela e o marido tiveram alguns desentediamentos e algumas conversas, na minha opinião a parte das lembranças é a que machuca mais e a parte que me deixou mais sensível á estória.
Eu gostei do livro, mas não mais do que o filme, como eu mencionei no inicio percebi que era uma nova estória e não a que eu já conhecia, no livro existem outros personagens que eu nem imaginava existir o que deu mais sentido a estória e esses personagens foram essenciais para que Holly superasse esse momento da vida e se desse a oportunidade de ser feliz.
Recomendo o livro porque além de ser uma linda estória é um livro que nós leva a reflexão e dependendo do nosso aprofundamento dos pensamentos pode nos levar a nosso conhecimento e a superação de nossos supostos limites.

Quotes:

"Não tenha medo de se apaixonar de novo. Abra se coração e siga por onde ele levar... E lembre-se de mirar a Lua...
P.S. Eu Te Amo" Pág 337



segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Lançamentos

Postado por Enfim Shakespeare às 9:00 PM 3 comentários Links para esta postagem

Não posso me Apaixonar

Sinopse: Gabe Sullivan é um bombeiro de São Francisco que arrisca sua vida todos os dias. E sabe, por experiência própria, que não deve se envolver com as vítimas de incêndios.
Megan Harris admite que deve tudo ao heroico bombeiro que entrou no prédio em chamas para salvar sua filha de sete anos. Ela lhe deve tudo, exceto seu coração, pois, após perder o marido, cinco anos antes, jurara nunca mais sofrer por amor — e pela perda.
Contudo, quando Gabe e Megan se reencontram e as chamas incontroláveis do desejo se acendem, como ele poderia ignorar a coragem, a determinação e a beleza dela?  E como ela poderia negar não apenas o forte vínculo de Gabe com sua filha, mas também a maneira como seus beijos carinhosamente sensuais a induziam a colocar em risco tudo o que manteve por tanto tempo?
A atração entre Gabe e Megan é irresistível, e se ambos não forem cuidadosos, correm o risco de se apaixonar.

*Lançamento previsto para 21 de janeiro de 2013

domingo, 16 de dezembro de 2012

Enfim Shakespeare escreve um diário

Postado por Enfim Shakespeare às 4:00 PM 15 comentários Links para esta postagem


Agora estou carregando a doce máscara da felicidade sobre meu rosto, não é a verdade sobre mim, mas é algo que faz com que eu evite algumas perguntas, já estou cansada de sempre dizer está tudo bem, essa sempre foi a melhor resposta e minha maior mentira.
Hoje estou pior do que o normal, nada me agrada e nada me contenta, estou sem forças para vestir minha máscara e dizer estou bem para todo mundo, por esse motivo decidi ficar sozinha e a solidão hoje não é meu melhor remédio.
Eu queria que tudo fosse diferente e minha vida fosse perfeita, queria que nós fossemos perfeitos um para o outro, mas sempre tem as lágrimas e muitas vezes as lágrimas são só minhas, estou cansada de sofrer por nós eu quero ser feliz com você, mas a felicidade é só uma máscara e não estou com forças para usa-la hoje.


sábado, 15 de dezembro de 2012

Precisa-se de Colunistas

Postado por Enfim Shakespeare às 10:42 PM 9 comentários Links para esta postagem


Boa Noite Leitores, muitos Blogs que se mantém ativos são por pessoas que tem muito tempo, ou Blogs que têm colunistas, no meu caso eu preciso urgente de um(a) colunista.

Para se candidatar envie um Email para Enfimshakespeare@gmail.com com as informações abaixo preenchidas. Dúvidas e sugestões favor utilizar o mesmo Email, não esqueçam de colocar assunto no Email


Nome : 


Idade : 


E-mail:

Tempo disponível por semana :


Experiencia com Blogger:

Gosta de que tipo de livros:
Que cargo deseja:
Já fez alguma Resenha ? se fez poste o link:


Obrigada!

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Titanium (feat. Sia) - David Guetta

Postado por Enfim Shakespeare às 2:21 PM 6 comentários Links para esta postagem
A música de hoje ainda não faz parte de nenhum filme que eu conheça, mas estava passando os canais na TV e escutei, vi a tradução e gostei.





Titanium = Titânio (feat. Sia)

Você grita alto
Mas eu não consigo ouvir uma palavra que você diz
Estou falando alto, não estou dizendo muito
Sou criticada, mas todas as suas balas recocheteiam
Você me derruba, mas eu me levanto.

Sou à prova de balas, nada a perder
Atire, atire
Recocheteiam, você acerta o alvo
Atire, atire
Você me derruba, mas não vou cair
Eu sou de titânio
Você me derruba, mas não vou cair
Eu sou de titânio
Eu sou de titânio...

Corte-me
Mas você é quem terá mais para sofrer
Cidade fantasma, amor assombrado
Levante sua voz, paus e pedras podem quebrar meus ossos
Estou falando alto, não estou dizendo muito

Sou à prova de balas, nada a perder
Atire, atire
Recocheteiam, você acerta o alvo
Atire, atire
Você me derruba, mas não vou cair
Eu sou de titânio
Você me derruba, mas não vou cair
Eu sou de titânio
Eu sou de titânio...

Dura como pedra, metralhadora,
Atirando contra os que se levantam
Pedra-dura, assim, à prova de balas

Você me derruba, mas não vou cair
Eu sou de titânio
Você me derruba, mas não vou cair
Eu sou de titânio
Você me derruba, mas não vou cair
Eu sou de titânio
Você me derruba, mas não vou cair
Eu sou de titânio

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Quarta de filme

Postado por Enfim Shakespeare às 12:23 PM 5 comentários Links para esta postagem
Leitores, me desculpem não estou com um bom estado psicológico para redigir uma resenha sobre um filme, me perdoem vou colocar apenas os lançamentos hoje. 

Detona Ralph


Ralph é um vilão de um jogo de fliperama, que cansou de fazer a mesma coisa sempre e quer mostrar para todos que pode ser uma boa pessoa. Para isso, ele infiltra-se em um jogo de tiro em primeira pessoa, apresentado pela Sargento Calhoun, com o objetivo de conquistar uma medalha e, consequentemente, o título de herói!
Elenco: Vozes de: John C. Reilly, Jane Lynch, Sarah Silverman, Alan Tudyk
Direção: Rich Moore
Gênero: Infantil
Duração: 0 min.
Distribuidora: Walt Disney
Classificação: Livre





Universidade Monstro 

Prelúdio de Monstros S/A. A nova animação vai mostrar Sulley e Mike Wazowsky nos dias em que eram apenas estudantes universitários, e contará a história de como os dois se tornaram melhores amigos.

Elenco: Vozes de: John Goodman, Billy Crystal, Dave Foley, Julia Sweeney, Joel Murray, Pete Sohn
Direção: Dan Scalon
Gênero: Infantil
Duração: 98 min.
Distribuidora: Walt Disney
Classificação: Livre


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Livro do mês - Dezembro

Postado por Enfim Shakespeare às 12:05 PM 7 comentários Links para esta postagem

Cecelia Ahern



Cecelia Ahern  é a escritora irlandesa hoje mais conhecida e produtiva. Nascida em 1983, filha de Bertie Ahern, ex-primeiro-ministro da Irlanda, escrever é sua paixão, a qual ela exercita desde os 8 anos, quando já cultivava o hábito de registrar em um diário poemas, músicas e escritos em prosa. Era sua válvula de escape, a forma que ela encontrou para realizar uma catarse emocional.
Cecelia tinha se graduado recentemente em Jornalismo e Meios de Comunicação e não sabia muito bem o que queria realizar profissionalmente. Ao despertar em si a ideia que se transformaria em sua obra de estréia, empenhou nesta jornada toda sua esfera emocional. A partir daí, não parou mais de escrever, publicar e até mesmo produzir uma série televisiva – a famosa Samantha Who? -, protagonizada pela atriz Christina Applegate, tendo como parceiro nesta empreitada o roteirista e produtor Donald Todd.Aos 21 anos, seguindo um impulso interior, roubou um tempo de seu sono habitual e, acomodada em sua mesa de jantar, ela produziu sua primeira obra, P.S. Eu te amo, logo depois adaptada para as telas cinematográficas pelo diretor Richard LaGravenese. Neste romance Holly vê seu grande amor, o marido Gerry, morrer prematuramente. Subitamente ela passa a receber cartas dele, com o intuito de ajudá-la a restabelecer seu equilíbrio emocional e a seguir sua existência.
Prolífica em sua produção literária, ela tem atualmente seis romances editados, além de diversas coletâneas compostas por contos pequenos. Todos eles deram origem a alguma película cinematográfica, a peças teatrais ou a uma série de TV. Sua obra Se me pudesse ver agora foi convertida pela Disney em um concorrido musical interpretado por Hugh Jackman. Já Mrs. Whippy transformou-se em um monólogo e conquistou os palcos da Irlanda.
No Brasil foram publicados apenas P.S. Eu te amo, Onde Terminam os Arco-Íris e Um lugar chamado aqui. Se me pudesse ver agora foi traduzido em Portugal. Em 2008 a autora publicou duas novas obras – Thanks for the Memories e The Gift. Sua carreira literária foi, desde o início, estimulada pela mãe, que a convenceu a enviar sua primeira história para um agente. Com o lado materno ela conquistou a crença de que todo sonho pode ser convertido em realidade.
A escritora passou boa parte de sua vida em trânsito pela Irlanda, por conta da trajetória política paterna. Desta forma ela exercitou a tolerância e a atitude de se colocar no ponto de vista alheio, procurando sempre compreender as diferenças, a variedade de opiniões, as diversas visões de mundo. Esta jornada existencial foi essencial para seu amadurecimento como escritora.
Apesar da fama de seu pai, Cecelia atuou por conta própria no processo de publicação de seu primeiro livro. Embora admita que conseguiu uma divulgação mais intensa de sua carreira literária graças ao posto ocupado por ele, a autora pondera que sua obra teve, ao lado das de outros autores, a mesma oportunidade de obter sucesso.
Cecelia é considerada uma escritora moderna de contos de fadas, rótulo que ela hesita em acolher. Suas personagens são em grande parte habitantes do universo feminino, em busca da felicidade. Antes, porém, de alcançar este estado de alma, elas precisam realizar uma jornada de autoconhecimento. Aqui elas não são libertadas por um príncipe encantado, mas sim por si mesmas. Suas heroínas, portanto, não buscam o homem de suas vidas, mas sim saber quem são, o que desejam, encontrar a oportunidade de ser felizes.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Lançamento

Postado por Enfim Shakespeare às 2:04 PM 9 comentários Links para esta postagem

Uma questão de Confiança

Sinopse: Em um subúrbio tranquilo de Londres, algumas mães se ajudam através de amizade, favores e fofocas. No entanto, algumas delas não parecem confiáveis e outras têm segredos obscuros.
Quando Callie se mudou para seu novo bairro, pensou que seria fácil adaptar-se. Contudo, os outros pais e mães têm sido estranhamente hostis com ela e com sua filha, Rae, que também descobriu como é difícil fazer novas amizades. Suzy, seu marido rico e seus três filhos parecem ser a única família disposta a fazer amigos, mas, recentemente, a amizade com Suzy anda tensa.
Ainda mais com a atmosfera pesada que pairou sobre o bairro após a chegada da polícia e o relato de um possível suspeito morando no bairro. O que Callie e sua pequena Rae podem esperar? Em quem confiar? E, sobretudo, como imaginar que certas atitudes rotineiras podem colocar em risco a vida de sua pequena filha? Verdades e mentiras parecem se esconder nestas pequenas casas.
*Lançamento previsto para 14 de janeiro de 2013

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Onze Minutos

Postado por Enfim Shakespeare às 10:00 AM 18 comentários Links para esta postagem

Sinopse:

Onze Minutos não se propõe a ser um manual sobre o homem e a mulher diante do mundo ainda desconhecido da relação sexual. É uma análise do meu próprio percurso, sem pretender julgar aquilo que vivi. Custou muito até que eu aprendesse que o encontro físico de dois corpos é mais que uma simples resposta a alguns estímulos físicos. Na verdade, ele carrega consigo toda a carga cultural da humanidade. Escrevi este livro para ver se podia dizer, se eu tive coragem de aprender tudo o que a vida quis me ensinar a respeito."

Opinião: 

Se fosse necessário descrever esse livro em uma palavra eu diria: Ótimo.
Paulo coelho é conhecido por suas estórias polemicas e cheias de ficções e bruxarias, mas diferente de todos os livros onze minutos conta a estória de Maria.
A jovem Maria nasceu em uma cidade pequena, se apaixonou cedo e se iludiu cedo, sendo jovem jurou várias vezes não se apaixonar, mas então acabava se apaixonando e sonhando com o homem rico com quem um dia ela iria se casar. Juntou dinheiro foi conhecer o Rio de Janeiro um estrangeiro dono de Boate na Europa se interessa por maria e quer fazer com que ela seja a nova estrela de seu negócio, Maria ingenua aceita e logo viaja.
Chegando na Europa mais uma vez seus sonhas são destruídos e a vida da uma revira-volta que maria acaba virando prostituta do Copacabana. Ela conhece homens de vários tipos diferentes, muitos  a pedem em casamento, porém Maria tem um proposito de voltar para casa de cabeça erguida, isto antes dela conhecer o pintor, ele só torna sua despedida mais dolorosa, mas Maria é uma mulher bem determinada.
Paulo coelho escreve e nos leva ao mundo da troca de sexo por dinheiro o livro não é de baixo nível, não existem palavras fúteis e ele não descreve todas as noites de Maria, apenas as mais importantes. Ao contrario de muitos livros eróticos que vem surgindo, esse livro tem conteúdo, não só sobre sexo, mas há uma história que prende o leitor e contém partes do diário pessoal de Maria, esse diário faz com que passemos a gostar mais dela e de suas atitudes.
Sei que muitos criticam a escrita de Paulo coelho, mas eu sou fã de seus livros e quando não gostar de um vou falar, mas de todos que eu li onze minutos foi o mais extraordinário e envolvente livro desse maravilhoso autor.


Quotes:

  Pg - 84¹

"Onze minutos. O mundo girava em torno de algo que demorava apenas onze minutos"

 Pg - 84²

"Havia algo de muito errado com a civilização; e não era o desmatamento da Amazônia, a camada de ozônio  a morte dos pandas, o cigarro, os alimentos cancerígenos, a situação nas penitenciárias, como gritavam os jornais.
Era exatamente aquilo em que trabalhava: sexo"

Pg. - 87

(Parte do diário de Maria)

"Se eu tivesse que contar hoje minha vida para alguém, poderia fazê-lo de tal maneira que iriam me achar uma mulher independente, corajosa e feliz. Nada disso: estou proibida de mencionar a única palavra que é muito  mais importante que os onze minutos - amor"



quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Can't Take My Eyes Off You

Postado por Enfim Shakespeare às 2:25 PM 6 comentários Links para esta postagem

A música de hoje foi usada no filme 10 coisas que eu odeio em você


Can't Take My Eyes Off You 

Não consigo tirar meus olhos de você

Você é boa demais para ser verdade
não consigo tirar meus olhos de você
você é como o céu a se tocar
eu quero te abraçar bem forte
desde que o amor chegou
eu agradeço a Deus por estar vivo
você é boa demais para ser verdade
não consigo tirar meus olhos de você

Perdoe o jeito com que te encaro
mas não há nada que se compare
um sinal seu e me estremeço
não há palavras para descrever
mas se sente o mesmo que eu
por favor, me deixe saber que é real
você é boa demais para ser verdade
não consigo tirar meus olhos de você

refrão:

Eu preciso de você, amor, e se está tudo certo
eu preciso de você, amor, para me aquecer nas noites solitárias
te amo, amor, acredite quando eu falo, ok
ó amorzinho, não me decepcione, eu peço
oh amorzinho, agora que te encontrei, fique
e me deixe te amar, amor, me deixe te amar
Você é boa demais para ser verdade
não consigo tirar meus olhos de você
você é como o céu a se tocar
eu quero te abraçar bem forte
desde que o amor chegou
eu agradeço a a Deus por estar vivo
você é boa demais para ser verdade
não consigo tirar meus olhos de você

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Como se fosse a primeira vez

Postado por Enfim Shakespeare às 3:56 PM 7 comentários

Sinopse:

Henry Roth (Adam Sandler) é um veterinário paquerador, que vive no Havaí e é famoso pelo grande número de turistas que conquista. Seu novo alvo é Lucy Whitmore (Drew Barrymore), que mora no local e por quem Henry se apaixona perdidamente. Porém há um problema: Lucy sofre de falta de memória de curto prazo, o que faz com que ela rapidamente se esqueça de fatos que acabaram de acontecer. Com isso Henry é obrigado a conquistá-la, dia após dia, para ficar ao seu lado.

Opinião:

Esse filme é bem famoso e conhecido por todos, pois a história é linda e deixa para quem assiste uma boa lição de moral e amor incondicional.
Henry conhece Lucy em uma manhã no café da cidade, porém galanteador ele não se preocupa em saber quem ela é e apenas quer que ela seja mai uma na sua lista de conquistas, mas no dia seguinte quando a encontra no mesmo café ela não o reconhece e age de uma forma estranha e é ai que Henry fica sabendo da história de Lucy.
Ela tem a memória afetada por um acidente então todo dia ela acredita ser domingo e o mesmo domingo que ocorreu no dia do seu acidente, mas isso não impede Henry de tentar conquista-lá.
A história é bem divertida e emocionante Adam Sandler faz um ótimo papel eao lado da bela Drew Barrymore transformam esse filme no sucesso que é até hoje.

Quotes:

-Gosto da sua risada.
-Gosto que você me faça rir.

- Eu não sei quem você é, mas eu sonho com você quase toda noite. Por quê?
- O que diria se eu dissesse que aquele caderno que você lê todo dia já teve coisas pra caramba sobre mim?- Eu diria que isso faz muito sentido.- Você me apagou das suas memórias, porque pensou que me impediria de ter uma vida plena e feliz. Mas você se enganou. Estar com você é o único modo de eu ter uma vida plena e feliz. Você é a garota dos meus sonhos. E parece que eu sou o homem dos seus sonhos, também.






 

Eu li e Comentei Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos